BLOG

  • Lais Cattassini

O Mundo em Teksto 4/01

É só pra gente que parece que 2019 começou tem um mês?


Talvez esse sentimento seja resultado da quantidade de notícias que já dominaram as redes sociais na última semana. Principalmente no que diz respeito ao Brasil.


Mas enquanto Bolsonaro assumia a presidência e seus ministros faziam declarações polêmicas, a China pousou na Lua, os democratas enfrentaram Donald Trump e um novo país assumiu a presidência da União Europeia. Em O Mundo em Teksto, traduzimos e resumimos algumas das mais interessantes e curiosas notícias internacionais da semana, para que você continue se concentrando naquilo que te afeta imediatamente sem correr o risco de ficar desinformado!


Gosta dessa ideia? Divulgue para os amigos!


E que 2019 comece!




Impasse entre Trump e democratas paralisa governo americano

Pouco antes do Natal Donald Trump paralisou parcialmente os serviços públicos americanos na tentativa de pressionar democratas a votarem em favor do financiamento do muro entre Estados Unidos e México. Há 3 semanas funcionários do governo na fronteira trabalham sem pagamento e parques nacionais enfrentam problemas de limpeza. Na quinta-feira os democratas aprovaram uma série de projetos de lei que davam ao governo de Trump um alívio no orçamento sem financiar o muro. Sem a aprovação de Trump, entretanto, a paralisação pode durar ainda mais tempo.


Saiba mais:

Le Monde - Trump irredutível quanto a muro causa impasse em Washington

Salon - Paralisação continua porque Trump não quer parecer bobo

Washington Post - Paralisação prejudica sistema de imigração americano

Quartz - Graças à paralisação do governo, Yosemite tem 27 toneladas de lixo acumuladas

Vox - Segundo Trump, muro está praticamente pronto, mas também precisa de financiamento

Washington Post - Trump se mostra negociador enigmático e paralisação não tem previsão de acabar

Five Thirty Wight - A população culpou Trump pela paralisação, mas isso pode estar mudando

Washington Post - Democratas votam para reabrir governo e negam dinheiro a muro de Trump



China se torna a mais nova potência espacial

O pouso de uma sonda chinesa no lado obscuro da Lua revelou mais um potencial tecnológico do país oriental. O feito inédito é resultado de um investimento contínuo da China em pesquisa e exploração espacial, algo que Rússia e Estados Unidos - as grandes potências da corrida espacial no passado - deixaram de fazer para priorizar operações militares. Para os Estados Unidos, que têm discutido a criação de uma “polícia espacial”, a iniciativa da China pode parecer suspeita.


Saiba mais:

Washington Post - Uma nova potência espacial surge com feito chinês

The Guardian - Sonda chinesa faz pouso histórico

Quartz - China deleta posts no twitter sobre feito espacial



Embaixador norte-coreano na Itália foge para pedir asilo

Jo Song Gi, diplomata norte-coreano que trabalhava em Roma, fugiu antes de seu mandato terminar para pedir asilo em um país ocidental. Jo estava desaparecido desde novembro, mas uma fonte anônima confirmou o pedido de asilo, sem revelar o país em que o diplomata pretende buscar ajuda. Jo, que se mudou para a Itália em 2015, parece ter uma certa influência no governo norte-coreano. Sua fuga é mais uma na lista de diplomatas de prestígio que fugiram do governo de Kim Jong Un.


Saiba mais:

The Guardian - Embaixador norte-coreano na Itália está escondido

Reuters - Diplomata norte-coreano está desaparecido



Sudão bloqueia uso da internet para conter protestos

Sudaneses relataram bloqueio de redes sociais após duas semanas de protestos contra o governo do país. Manifestantes pedem pelo fim do governo de Omar al-Bashir, que ocupa a presidência do país desde 1989, e utilizaram a internet para organizar mobilizações.


Saiba mais:

Reuters - Sudão restringe uso da internet frente a protestos



Romênia assume a presidência da União Europeia

A Romênia estará à frente da União Europeia enquanto o bloco econômico enfrenta alguns de seus maiores desafios, como o Brexit, eleições do parlamento europeu e debates sobre o orçamento. A presidência da UE é rotativa e estava nas mãos da Áustria. Ficará com a Romênia pelos próximos seis meses mas, mesmo por um período curto, representa alguns riscos. O governo romeno, populista, tem um discurso contrário à União Europeia que, por sua vez, é bastante crítica ao país. A presidência da UE deve liderar reuniões, manter uma agenda diplomática entre os países do bloco e mediar diálogos.


Saiba mais:

The Guardian - Romênia assume UE

France 24 - Com relações estremecidas com Bruxelas, Romênia assume a UE

New York Times - Em conflito com a UE, Romênia se prepara para liderar o bloco



O Brasil lá fora…


Como o noticiário internacional reportou a política brasileira.


Washington Post - Bolsonaro se junta ao eixo de direita de Trump

The Guardian - Bolsonaro ataca proteções à floresta amazônica

Reuters - Decreto de Bolsonaro dá poder ao governo sobre ONGs

El País - Nova ministra do Brasil: “as meninas usam rosa, os meninos azul”


Quer fazer algo semelhante para enviar a seus clientes e parceiros? Entre em contato!


Assine a newsletter para receber esse conteúdo em seu email todas as semanas!



0 visualização
ContatO
Contact info
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Black Twitter Icon

©Teksto